Teoria do desenvolvimento Humano – Henri Wallon

Wallon nasceu na França em 1879, viveu num período de instabilidade social e turbulência política. Pertencia ao partido comunista. Faleceu em 1962. Desenvolveu a teoria de que a inteligência é organicamente social. A teoria do desenvolvimento cognitivo de Wallon é centrada na psicogênese da pessoa completa. Para Wallon a criança é essencialmente emocional e vai se constituindo um ser sócio – cognitivo gradualmente. Segundo Wallon a criança aprende a partir de trocas sociais e uma delas é a imitação. Pela imitação a criança expressa seus desejos de participar e se diferenciar dos outros. A teoria de Wallon considera o desenvolvimento da pessoa completa integrada ao meio em que esta imersa, com seus aspectos afetivos, cognitivos e motor também integrados.
Segundo Wallon as etapas do desenvolvimento são as seguintes:
Período da vida intra uterina: Dependência biológica do organismo materno, mas já se faz presente no meio social.
Estágio Impulsivo: Após o nascimento a criança de depende de si própria em relação a respiração e a capacidade de auto regulação da temperatura do seu organismo, no restnte depende da mãe.Sua dependência com o meio, especialmente com a mãe é de total exigência e atenção.A importância dessa atenção refere-se ao desenvolvimento psíquico e físico. É período das necessidades alimentares e posturais. A criança começa a conhecer os sofrimentos da espera e da privação. Os primeiros gestos são manifestados a partir da emoção.
Estágio emocional: Por volta dos seis meses a criança manifesta um maior numero de expressões emocionais como: raiva, dor tristeza, alegria, começa a engatinhar e por volta dos 9 meses desenvolve o humor. É importante desde o nascimento conversar com a criança, pois é por meio da linguagem que ela vai se apropriando da cultura em que esta inserida.
Estágio sensório motor: No primeiro ano de vida ao começo do segundo a criança procura explorar o mundo ao seu redor, suas principais atividades são a marcha e a fala, brinca com objetos e caminha
Período do Personalismo: Por volta dos 3 aos 6 anos a criança é opositora, imitadora, curiosa. Ela confronta com tudo sem motivo aparente. Tem necessidade de se afirmar de conquistar autonomia, é o período em que diz não a tudo, nesta fase a criança gosta de imitar um personagem, alguém preferido ou invejado, e o ambiente escolar e familiar são vitais para o seu desenvolvimento.
Período da Puberdade: Varia dos 7 a aos 11 anos. Adolescencia dos 12 aos 18 anos: Inicia-se o pensamento lógico e organizado, mairo interesse pelas interações sociais, preocupa-se com o estilo de roupa e cabelo etc. Transformações e psicológicas, o jovem adquire posse da função reprodutora.
Período da fase adulta: Aparentemente a pessoa atinge um equilíbrio entre a alternância de se voltar para o seu interior e o interesse pelo intelectual. Neste momento o adulto continua se desenvolvendo emocionalmente e intelectualmente.

About these ads

Sobre educacrianca

Pedagogia e Psicopedagogia
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s